Monumento às Bandeiras

Cartão-postal da Cidade São Paulo

O Monumento às Bandeiras é um cartão-postal da Cidade, compreende um retrato do período das empreitadas sertanistas rumo ao interior do Brasil.  A concepção teórica desse monumento é de autoria de Victor Brecheret, quando o mesmo expôs sua maquete na Casa Byngton em São Paulo no ano de 1920.
A sua concepção é uma das obras integrante do período que antecedeu à Semana de Arte Moderna do qual o referido escultor foi um dos integrantes. Durante o ano de 1936, Brecheret reformula a antiga maquete do Monumento: retira os blocos simbólicos das escadarias e as imagens da Vitória e do Arado do grupo central. No lugar da antiga dramaticidade, surgem dois volumes mais lisos, sem os antigos ressaltos da musculatura e é a partir de então que Brecheret se preocupa com a diferenciação racial dos paulistas. Assim como os demais modernistas, sua obra procura estabelecer “uma arte nacional”.
Em 1943, o Estado de São Paulo transfere para a Prefeitura, a área que corresponde ao Parque do Ibirapuera. Coube a municipalidade concluir o Monumento bem como a praça que o circunda. Dois anos depois firma-se o contrato entre a Prefeitura, responsável pela compra de materiais, despesas e impostos; e o escultor, ficando encarregado de dar prosseguimento à execução artística do Monumento.
Após ser entregue no ano de 1953 à Prefeitura de São Paulo em comemoração 399 anos do município, torna-se um emblema arquitetônico e histórico da Cidade, localizado no Parque do Ibirapuera, esse monumento possui 50 metros extensão e 12 metros de altura. Ao representar a expedição bandeirante subindo um plano, com dois homens a cavalo. Uma das imagens representa o chefe português e a outra, o guia índio. Atrás deles, há um grupo formado por índios, negros, portugueses e mamelucos e uma canoa das monções, usada pelos bandeirantes nas expedições pelos rios. Esse Monumento foi denominado pelos paulistanos de “Empurra-empurra”.

Eu recebo as fichas de imóveis, artigos e noticias, valido e logo após público com os respectivos créditos e referências dos colaboradores. Se você quer ser um autor colaborador entre em contato conosco.