Desinfectório Central

Nome usual: Antiga instalações do Desinfectório Central
Nome oficial: Museu de Saúde Pública Emílio Ribas
Localização: Rua Tenente Pena, 100 – CEP: 01127-020 – São Paulo, SP.
Autor Construtor: Paul Rouch e J. E. Damergue.

Motivo do Tombamento: Por tratar-se de um bem cultural de interesse arquitetônico, histórico e científico, o edifício do antigo Desinfectório Central, atual sede do Museu de Saúde Pública Emílio Ribas remanescente arquitetônico das iniciativas pioneiras de implantação e desenvolvimento dos serviços de saneamento e saúde pública no âmbito do Estado de São Paulo.

Histórico: Os serviços de Saneamento e saúde, no final do século XIX, estavam intimamente ligados às teorias de higiene da época preconizavam o saneamento do meio ambiente como medida preventiva de doenças. O serviço de desinfecções já vinha sendo realizado antes mesmo da criação do Serviço Sanitário do Estado em 1891. O serviço de desinfecção que já existia, funcionava como complemento à polícia sanitária e estava instalado anexo à Diretoria do Serviço Sanitário.
O local escolhido para a instalação do Desifectório Central foi adquirido pelo estado em 1882 e naquele local existia um sobrado, conhecido com o nome de Bom Retiro, onde foi instalada a hospedaria dos imigrantes que motivou o nome da rua, então dos imigrantes. Já no final do século, entretanto, passou a denominar-se rua General Flores. Com a transferência da Hospedaria dos Imigrantes para o Brás foi instalado no Bom Retiro, o hospedaria militar da Força Pública. Em fevereiro de 1893 o Governo determinou a construção do Desinfectório, as obras ficaram à cargo da Secretaria da Agricultura e foram contratados Paul Rouch e J. E. Damergue para a execução das obras em novembro daquele mesmo ano.
O Serviço geral de Desinfecção compreendia todos os trabalhos de desinfecção necessários para atender os casos de moléstias transmissíveis. Em caso de desinfecção domiciliar, era interditado o aposento e feita a desinfecção. O Desinfectório Central desempenhou importante função no antigo Serviço sanitário principalmente, no final do século XIX, no combate às doenças pestilenciais, quando ainda prevaleciam as teorias miasmáticas da origem das doenças. As atividades eram intensas principalmente quando havia ameaças de epidemias. A reforma administrativa da Secretaria da Saúde iniciada em 1967, reestruturou os diversos serviços de saúde pública, adequando-os às novas diretrizes. A descentralização administrativa através de regionalização e integração das atividades executivas e a padronização normativa, transformou estruturalmente a Secretaria de Saúde.
Desde de 1965 crescia a ideia de se criar um museu destinado a cultuar a memória do antigo diretor do Serviço Sanitário do Estado, Dr. Emílio Ribas. Foi indicado então o prédio do antigo Desinfectório Central para a instalação do Museu de Saúde Pública “Emílio Ribas”, uma vez que o próprio prédio é um Patrimônio Cultural de nossa Cidade. Assim, em 1979, o museu foi inaugurado.

Referência:
Processo de Tombamento CONDEPHAAT nº 23881/85.
Projeto Arquicultura FAU USP

Imagens : São Paulo da Antiga

Dados Oficiais do Bem imóvel


Esferas de tombamento: CONDEPHAAT

Áreas de envoltórias: AE_Desinfectório_Central

Dados da Sub-Prefeitura: desenvolvimento_urbano

uso_e_ocupação_solo

característica de aproveitamento dos lotes da sub sé

Dados do tombamento pelo CIT : 

Nível de tombamento : 

End. do imóvel: Rua Tenente Pena, 100 – CEP: 01127-020 – São Paulo, SP.

End.Official pelo IPTU : Rua Tenente Pena, 100 – CEP: 01127-020 – São Paulo, SP.

Resoluções : 50_85  05_91  29_15  Mapa 

Livro do Tombo: Inscrição nº 239, p. 65, 21/01/1987

Processo de tombamento :  CONDEPHAAT nº 23881/85.

Diário Official :  Poder Executivo, Seção I, 27.08.1985, pg 18.

Se você tem mais informações sobre esse imóvel mande através do formulário envio.
Cita: sppatrimônio, "Desinfectório Central," em sppatrimônio Brasil, 29/01/2018. Acessado em 19/07/2018.<http://www.sppatrimonio.com.br/desinfectorio-central-2/>

Eu recebo as fichas de imóveis, artigos e noticias, valido e logo após público com os respectivos créditos e referências dos colaboradores. Se você quer ser um autor colaborador entre em contato conosco.